Paul Leon Willem Antoon Leclou <i>(Paul)</i>
text, no JavaScript Log in  Deze pagina in het NederlandsDiese Seite auf DeutschThis page in English - ssssCette page en FrançaisEsta página em Portuguêspara cima volte
Paul Leon Willem Antoon Leclou está listado/listada no memorial da Resistência, na
parede da direita, linha 34 #04


Limburg 1940-1945,
Menu principal

  1. Pessoas
  2. Eventos/ Históricos
  3. Grupos de resistência
  4. Cidades e Vilas
  5. Campos de concentração
  6. Valkenburg 1940-1945

Todas as pessoas caídas da resistência no Limburgo.

previousbacknext
 

Paul Leon Willem Antoon Leclou (Paul)


 28-02-1921 Voerendaal      29-04-1945 Dora-Mittelbau (Nordhausen) (24)
- Resistência inicial - Grupo Smit - Voerendaal - Prensa clandestina - Trabalho forçado -



www.verzetsmuseum.org …

    Paul Leclou frequentou a MTS (Escola Técnica Secundária).
    Cammaert escreve sobre a situação em Voerendaal em 1940:
    Ex-soldados como Th.G.H. Treuen, L.A. Vlemmings, C. Spreksel, P.J. Habets e H.J. Haan distribuíam jornais e folhetos ilegais. Eles recebiam cada vez mais apoio de jovens, especialmente de parentes e bons amigos. No final de 1940, os estudantes do ensino médio A.J.A. Rameckers, P.L.W.A. Leclou e H.H. Baeten formaram um grupo clandestino. Eles reproduziram e distribuíram escritos e fotografias ilegais da família real. [1]
    O grupo Smit ao qual eles haviam se juntado foi traído por um neerlandês de pais alemães, H.M.J. Thelen. Ele também era um ex-soldado e fingiu ser contra a ocupação.
    Paul Leclou foi preso em 2 de fevereiro de 1942, condenado em Amsterdã, classificado como prisioneiro de Nacht und Nebel (NN, Noite e Névoa). Sucumbiu no campo de Dora (Nordhausen) em 29 de abril de 1945, ou seja, após a libertação daquele campo.
    Lea também em neerlandês: Korte biografie van drie Voerendaalse verzetsmensen, Breve biografia de três combatentes da resistência Voerendaal, incluindo Paul Leclou. Essa também é uma das 2 fontes de sua foto, de seu cartão In Memoriam. [2]
    Testemunho escrito de seu colega de resistência A.J.A. Rameckers de 24 de julho de 1982. [3]
    Veja também Charles Spreksel
    Seus restos mortais estão no cemitério de honra Ehrenfriedhof Nordhausen [4] sepultura 3.

    Anotações

    1. Dr. F. Cammaert, Het Verborgen Front – Geschiedenis van de georganiseerde illegaliteit in de provincie Limburg tijdens de Tweede Wereldoorlog. Doctorale scriptie 1994, Groningen
      2. De eerste militair-civiele verzetsformaties, p.109
    2. Korte biografie van drie Voerendaalse verzetsmensen
    3. A.J.A. Rameckers, 24 juli 1982
    4. 1. Ehrenfriedhof Nordhausen
      2. OpenStreetMap
      3. Foto’s Mittelbau-Dora, Nordhausen - Thüringen
    5. Oorlogsgravenstichting.nl
    6. https://www.verzetsmuseum.org/dachau/paul-leclou